MOVIMENTO DA MISERICÓRDIA
Comunidade Católica Missionária Crux Sacra

Em outras palavras, Divina Misericórdia significa “Misericórdia de Deus”. Ou seja, misericórdia significa aquele coração que se compadece da miséria do outro, que vai ao encontro da miséria do outro para livrá-lo dessa situação. Sendo assim, Misericórdia de Deus é justamente esse ato de Deus que se volta para nós, para nos livrar da condição miserável a que o pecado nos submete muitas vezes. Todas as vezes que nós caímos no pecado, nós somos colocados na miséria, nós somos retirados daquilo que é belo; a nossa beleza, nossa imagem é desfigurada; e Deus, na sua infinita Misericórdia, restaura a nossa imagem, a nossa beleza

Então, falar da Misericórdia de Deus é falar sobre essa ação de Deus que aconteceu e acontece todos os dias, a cada instante, nas nossas vidas. Na Sagrada Escritura, por exemplo, a gente vai entender de modo muito claro que a Misericórdia é a forma mais concreta de Deus manifestar o seu amor à humanidade. A Misericórdia é essa manifestação plena e contínua do amor de Deus para com cada um de nós.

A Misericórdia é o caminho do qual Deus se utiliza para vir ao nosso encontro todas as vezes que nós precisamos que Ele intervenha em nosso favor, que Ele nos auxilie, que Ele nos ajude, que Ele nos conceda a sua graça. Por causa da nossa condição de pecadores, a Misericórdia é essa forma que Deus se utiliza para nos amar. Por isso, a Misericórdia não é um patrimônio da Comunidade Crux sacra nem um bem exclusivo da Igreja Católica; ela também não é um benefício restrito àqueles que crêem. A Misericórdia é uma graça de Deus para todas as pessoas.

Ao longo da história de salvação da humanidade, a Misericórdia de Deus nunca deixou de ser exercida sobre o povo. Deus quer salvar a todos e busca, dentre o seu povo, aqueles que desejam acolher e viver segundo a Sua Misericórdia. O desejo de salvação do Senhor é para toda a humanidade, mas nem toda humanidade é obrigada a viver da Misericórdia de Deus. Nós somos livres e Deus respeita esse principio. Não somos obrigados a viver à sombra da misericórdia de Deus.

No Antigo Testamento, são tantas as histórias de desastre, de destruição, de desvio da presença de Deus, do povo e até mesmo de reis que se desviaram do caminho do Senhor, que adoraram falsos deuses, que fizeram coisas horríveis, abomináveis diante de Deus, que usurparam e prostituíram o povo, que destruíram o templo; mas em todas elas a gente vê a mão de Deus abrindo-se para aquele povo e dando uma nova oportunidade.

É interessante, no entanto, notar que - no meio de tudo isso - aqueles que permaneciam fieis, que se redimiam, faziam penitência, voltavam atrás e reconheciam as suas culpas eram alcançados pela misericórdia de Deus. Os que permaneciam no erro, contudo, sempre tinham um trágico fim.

Assim, nesse gesto de Misericórdia da parte de Deus, Ele nos convida a humildade, ao arrependimento. Em um coração orgulhoso, prepotente, Deus não encontra espaço pra agir com misericórdia. É certo que Ele vai ficar batendo a porta (como nos diz a Palavra: “Eis que estou a porta e bato”), insistindo pra que a gente dê oportunidade ao seu mor, ao seu perdão; mas enquanto a gente se deixar vencer pela prepotência, a graça da Misericórdia de Deus não vai habitar na nossa vida.

Precisamos tomar cuidado, nessa vida de dependência da Divina Misericórdia, para não vivermos uma realidade desregrada acreditando que, na ultima hora, Deus vem agir em meu favor. “Ah, eu pensava que Deus perdoava tudo, que eu não precisava fazer nada, que eu podia viver do jeito que eu quisesse...”. A gente não pode viver assim, menosprezando a misericórdia de Deus. Isso não é viver à sombra da misericórdia, é desprezar a Divina Misericórdia.

Deus é o mais interessado no nosso sucesso, na nossa santificação, na nossa salvação. Por isso Ele insiste tanto por cada um de nós. Para mostrar ao mundo e provar, para nós mesmos, que a obra que Ele fez é perfeita. Só que a parte d’Ele já tem sido feita, cabe a nós fazermos a nossa.

ENTRE EM CONTATO COM ALGUMA DE NOSSAS CASAS DE MISSÃO
CLIQUE AQUI